Ser humilde, por amor à Jesus.
Palavra de Deus nos convida hoje a viver a humildade, que é o caminho que nos leva ao céu. Palavra hoje nos convida a ter um encontro pessoal com Jesus, o mestre da humildade, e em Jesus encontrar esse caminho, que ele nos aponta.
“Sendo ele de condição divina, não se prevaleceu de sua igualdade com Deus, 7mas aniquilou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-se aos homens. E, sendo exteriormente reconhecido como homem, humilhou-se ainda mais, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz. Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o nome que está acima de todos os nomes para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos. E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor”. Fil 2, 5-13
Humildade que partilhamos nessa ocasião não se trata do estado de pobreza, de condição social e sim de estado de espirito. São os pobres em espirito, as pessoas simples.
Humildade é a virtude que leva as pessoas a reconhecerem seus defeitos, compreender suas limitações. O humilde reconhece que é imperfeito, que tem falhas, que é necessitado da misericórdia de Deus.
É a mais importante das virtudes, já que leva as pessoas a cultivar as outras virtudes tão importantes para nossa vida: respeito, paciência, tolerância, obediência, compreender, aceitar as pessoas como eles são, aprende a servir, sabe consolar os aflitos, espalha a fé, a esperança e o amor.
É uma pessoa que semeia a felicidade, a paz e a esperança e reconhece com gratidão sua dependência total por Deus, porque sabe que tudo o que tem e tudo o que é, vem de Deus, vem do alto.
Amados, falta muito isso no mundo atual em que vivemos não é verdade? Mundo anda orgulhoso, individualista. As pessoas caminham achando que não precisam uns dos outros, e o pior, andando caminhando achando que não precisam de Deus.
Buscam somente o interesse próprio, o que importa é o eu. Eu sou o melhor, eu sou o maior. O Orgulho toma conta de tudo, destrói nossas qualidades e impede a nossa entrada no reino de Deus.
O Orgulhoso se acha o melhor e o maior em tudo, ofende as pessoas, acha todos os outros inferiores. Ao contrário do humilde, não consegue reconhecer que tudo o que tem vem de Deus, atribuindo para si mesmo todas as suas vitorias e conquistas. Santa Catarina de Sena, chama de “ladrão da glória de Deus”.
Deus nos chama à mudarmos nosso estilo de vida, abandonando o orgulho, a vaidade para ser humildes, nos preparando para a morada eterna.
Diz Jesus para nós: “Aquele que exaltar será humilhado e aquele que se humilha será exaltado” Lc 14,11.
Queridos, ser humilde é não julgar. Somos especialistas em julgar em medir as pessoas. Só tem Deus o poder e o direito de julgar as pessoas, ninguém mais. Buscar a humildade temos que esvaziar-se de si mesmo, entregar-se a Deus, confiar plenamente que Ele tem um plano de amor para nós.
Glorificar a Deus em todas as situações da vida também é necessário nessa caminhada para a busca da humildade. São Paulo nos diz: “Dai graças a Deus em todas as circunstâncias...” I Tell 4,18.
Obedecer é sinal de humildade. Não importa o tempo, o lugar, a situação, obedecer e pronto. Obedecer a Deus, as autoridades, pais.
Ser humilde como foi João Batista, que teve uma vida consumida para anunciar Jesus o salvador. Quando Jesus veio, João saiu rapidamente de cena. Ele mesmo disse: “Importa que Ele cresça e eu desapareça...e nisso consiste a minha alegria...”
João Batista soube o seu lugar no serviço do reino de Deus. Não deixou o orgulho a vaidade tomar conta do seu coração, porque estava centrado no seu objetivo. Conhecia o homem que estava vindo, tinha consciência de quem Ele era, e quando as pessoas perguntavam se ele era o Cristo, tinha a resposta pronta: Não! Eu não sou digno de lhe desatar a correia do seu calçado...
Fez tudo que Deus pediu, de forma discreta, sempre obediente, e serve de exemplo de quem quer amar e seguir Jesus.
Ser humilde como foi Nossa Senhora a mãe de Jesus, ela que foi a mais humilde das criaturas. Tinha consciência total de sua dependência por Deus, e dai Deus operou nela maravilhas.
Resistiu ao orgulho, a soberba, a vaidade, porque era uma mulher de intimidade com Deus, mulher de oração. Ela se escondeu para Jesus aparecer.
Ser humilde queridos amigos, por amor à Jesus. Nós temos uma divida de gratidão, por tudo o que Ele fez por nós.
Deus se fez homem e veio até nós. Se rebaixou à condição humana. Poderia ter nascido em palácio, coroado como Rei, ter muitos servos, mas preferiu nascer em uma manjedoura junto à animais.
Não vestiu lindas roupas, mas preferiu ser enfaixado, enrolado em paninhos, de família simples, seu pai era carpinteiro.
Cresceu, e se aproximou de todos que o cercava pelos caminhos. Aproximou dos trabalhadores, dos pescadores, dos pecadores, dos doentes, dos aleijados, pessoas que eram consideradas impuros. Comeu com pecadores e fariseus.
Ouvia com atenção e ensinou a todos com paciência. Era Deus e tinha toda razão para ser exaltado e glorificado, mas preferiu se humilhar por amor a você e a mim.
Preferiu se humilhar e humilhado foi.
Sabemos do relato da crucificação, onde vimos os tormentos sofrido por Ele. Foi humilhado por toda espécie de insultos, maltratado, ultrajado. Os saldados batem, cospem, derrubam-no.
Esvaziou-se, renunciou a sua majestade, abriu mão de si mesmo pelos outros. Assumiu a natureza humana, tomou para si mesmo os sofrimentos para pagar nossos pecados. Sofreu a maior dor física que qualquer ser humano jamais sofreu, que foi a morte por crucificação, que era uma das formas mais horríveis de execução.
Os homens cuspiam nele, e Deus o exaltou grandemente. Os homens o insultaram, maltrataram e Deus lhe deu o nome, que está acima de qualquer nome.
Os homens o mataram, e Deus o ressuscitou dos mortos.
Se este exemplo não curar nosso orgulho, nossa soberba, não creio que haja outro remédio capaz de nos curar.
Esse é o grande exemplo de amor e humildade que Jesus traz para nós.
Amados de Deus, na cruz, sendo crucificado injustamente, quando suas forças já estavam se esgotando, o sangue escorrendo e Ele pensando em nós, nos amando. Pediu ao Pai, que tivesse misericórdia porque não sabia o que faziam. É amor incondicional, eterno, sem limites, de um Deus que nos ama a ponto de se aniquilar na cruz para provar o amor por nós.
Oração: Vamos encontrar-se com Jesus o mestre da humildade, que vai nos ensinar a ser humilde.
Senhor Jesus, doce Jesus, ensinai-me a ser humilde como vós. Recordo-me de suas palavras. Sou manso e humilde de coração, concedei-me Senhor essa graça, de ser humilde como vós, fazei o nosso coração semelhante ao vosso.
Que eu possa compreender essas palavras saídas do vosso coração, manso e humilde, pois quero praticá-las, ajudado pela vossa divina graça.
Senhor, vos conheceis a minha fraqueza. Eu reconheço eu sou fraco, pecador, necessitado da vossa misericórdia, vem em meu auxilio Senhor.
Ajudai-me, a aprender a amar. Refreia a minha língua. Acalma, me dê paciência.
Concede-me um coração simples, coração humilde, coração que pulse de amor, sem fazer qualquer julgamento, qualquer medição. Que eu saiba escutar, que eu saiba perdoar.
Obrigado Jesus pela sua compreensão, pela sua humildade, pelo seu amor.
Amém.


 Espoti- Fevereiro/2016